Qual é a tecnologia mobile mais adequada para um site?

As empresas estão cada vez mais percebendo a importância estratégica de se escolher a melhor tecnologia de mobilidade para seus sites empresariais. O motivo para isso é que o mercado mobile não para de crescer. Dados do IDC (International Data Corporation) apontam que o mercado de smartphones no Brasil atingiu 94% do total de celulares vendidos entre janeiro e fevereiro de 2015. Para as empresas, isso quer dizer que aquele cliente que antes acessava seu site por um notebook ou desktop agora ou em breve o fará por um dispositivo móvel. E a tendência continua, até o ponto em que a maior parte dos acessos será feita através de dispositivos móveis.

Podemos dividir as soluções de tecnologia mobile existentes para sites em dois grandes grupos: as baseadas em servidor e as baseadas no aparelho. A principal diferença entre elas é onde o conteúdo da página é processado.

Explico: nas soluções baseadas em servidor, quando o aparelho do cliente acessa uma página do site, o servidor identifica o aparelho e envia o conteúdo na medida e especificações exatas para ele. Já nas soluções baseadas no aparelho, como os chamados sites responsivos, todo o conteúdo da página é enviado ao aparelho e este é quem tem a tarefa de decidir o que mostrar e o que ocultar, fazendo com que o carregamento seja bem mais lento.

Portanto, indico três pontos para o gestor da empresa considerar ao decidir por uma tecnologia mobile: performance, flexibilidade e liberdade.

1 – Performance – Do ponto de vista de desempenho, a pergunta a ser feita é: o tempo de carregamento de uma página impacta o meu negócio? Um site de e-commerce ou um portal será muito impactado pois como muitas compras são feitas por impulso a demora não raro faz o cliente decidir comprar depois e a venda é perdida. Nesse contexto, as soluções baseadas em servidor são melhores. Por outro lado, um site institucional de uma empresa, provavelmente, seria pouco impactado se a página demorar um pouco mais para carregar. Neste caso, uma solução baseada no aparelho, como um site responsivo, é aceitável.

2 – Flexibilidade – A questão é: a empresa está disposta a ter todas as páginas do site refeitas? As soluções baseadas em servidor não necessitam de alteração no site original. Elas permitem que o layout do site mobile seja completamente independente do site desktop.

3 – Liberdade – Não tão óbvia em um primeiro momento, essa questão é importante e está intrinsecamente ligada à anterior: quanta liberdade eu desejo ter em relação ao layout do site desktop e mobile? As soluções baseadas em servidor criam uma experiência do usuário única e excelente para cada plataforma. Já os sites responsivos criam amarras que afetam tanto o mobile quanto o desktop.

Concluo que as empresas precisam avaliar a questão mobile o quanto antes a fim de atender às expectativas dos seus públicos, acompanhar as mudanças do cenário tecnológico e garantir sua fatia no mercado.

 Fonte: www.mobiletime.com.br
CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *