Empresas brasileiras já estão fazendo implementação de Dynamics 365

A Microsoft começou oficialmente a disponibilizar para clientes o Dynamics 365, plataforma sucessora de sua antiga ferramenta CRM Dynamics, anunciada anteriormente pela empresa.

A companhia de Redmond ainda não abre nomes de clientes que estão fazendo a migração para o serviço no Brasil, mas de acordo com Fábio Azevedo, diretor responsável pela solução no país, as primeiras implementações da versão localizada da plataforma já estão em curso por aqui. Globalmente, companhias como a Michelin já estão com o sistema em produção.

O Dynamics 365 é a aposta da Microsoft para tentar ganhar espaço entre empresas que desejam promover a transformação digital em seus ambientes, trazendo uma série de melhoras em áreas como analytics e machine learning baseada na Cortana para otimizar processos de clientes.

A plataforma é formada por seis aplicações diferentes – Marketing, Serviços de Campo, Operações, Serviço de Atendimento ao Cliente, Vendas e Automação de Projetos, que podem ser compradas individualmente ou em um pacote.

No Brasil, a empresa está oferecendo as aplicações em modelo de subscrição, com preços a partir de US$ 95 por aplicação por usuário completo – essa licença também pode ser estendida para outros “membros de equipe” pelo custo de US$ 10 por usuário extra. As seis aplicações podem ainda ser adquiridas em conjunto pelo valor de US$ 115 por usuários completo, com a mesma possibilidade de adicionar outros “membros de equipe” por US$ 10 cada. Além disso, quanto maior o volume da venda, menor será o preço por licença das aplicações.

O Dynamics 365 também se conectará naturalmente com outras plataformas da empresa, como o Office 365, o recém-anunciado Microsoft Teams e a suite de inteligência artificial Cortana. Através da loja de apps AppSource, clientes terão ainda acesso a mais de 100 aplicativos de outros desenvolvedores para demandas específicas – como o popular Sales Navigator, do Linked In.

Segundo Azevedo, setores como o de contact center já estão entre os interessados nas atualizações do Dynamics 365 no Brasil. A empresa também vê possibilidades de implementação na área governamental, principalmente após o recente anúncio do Governo Federal que deixará de lado soluções de código aberto para a adoção de softwares da Microsoft.

A empresa já tem alguns casos de uso do antigo CRM Dynamics em órgãos públicos, como a implementação de uma Central de Atendimento da Prefeitura de Sorocaba baseada no sistema, o que pode abrir a possibilidade de novas vendas para o setor.

Fonte: Canaltech (https://corporate.canaltech.com.br/noticia/negocios/clientes-brasileiros-ja-estao-fazendo-implementacao-de-dynamics-365-83535/)

Microsoft Dynamics 365 já está disponível no Brasil

Acreditamos no poder da tecnologia para ajudar as empresas a superar os desafios do dia a dia, contribuindo com inteligência para tornar seu negócio mais produtivo, eficiente e capaz de fazer mais. Por isso, temos o prazer de anunciar a disponibilidade geral do Microsoft Dynamics 365, nossa suíte de aplicativos de negócio em nuvem que conta com as funcionalidades de marketing, automação de vendas, atendimento a clientes, operações, serviços de campo e automação de projetos. Comece pequeno sabendo que a solução pode escalar conforme a sua necessidade.

O Dynamics 365 combina análise avançada e aprendizagem de máquina para fornecer valiosos insights de inteligência para melhorar a capacidade de sua empresa atender a seus clientes. Entre os recursos, temos análise de sentimento e intenção, serviços preditivos, recomendação de produtos e muito mais. Esses recursos podem ainda ser estendidos para apps independentes que fornecem inteligência específica para determinados usuários.

Você também perceberá que as aplicações de negócios estão muito mais integradas, uma vez que unificamos a navegação e a experiência do usuário. Tudo é intuitivo, bonito e dá a sensação de navegação contínua de uma aplicação para a outra.

Conheça alguns dos novos recursos:

  • Dynamics 365 para Vendas: Adicionamos uma nova capacidade de insights de relacionamento, que usa informações do Office 365 e do Dynamics 365 para determinar automaticamente a saúde do relacionamento com um consumidor e produz insights contextuais que ajudam o vendedor a construir relações mais fortes e produzir uma experiência mais personalizada para seus clientes. Além disso, adicionamos um add-in para o Outlook, que permite que os vendedores tenham informações de vendas mais completas sobre suas prospecções diretamente nesta aplicação.
  • Dynamics 365 para Operações: Acrescentamos um recurso que permite aos revendedores oferecerem sugestões personalizadas de produtos aos compradores no ponto de venda. Potencializadas por algoritmos de aprendizado de máquina oferecidos pelo Microsoft Cognitive Services, as sugestões são baseadas no histórico individual de compra do consumidor, itens de sua lista de desejos e o que consumidores de perfis similares estão comprando.
  • Dynamics 365 para Insights de Clientes: Esse app completamente novo é nossa primeira solução de análise de clientes que conecta e analisa dados do Dynamics 365 – e de outras fontes amplamente utilizadas como aplicações de negócios, web, social e IoT – e aplica a inteligência para criar uma visão 360° do consumidor, com sugestões automáticas para aumentar seu engajamento.

Esses são apenas alguns dos novos recursos disponíveis para alavancar as possibilidades do seu negócio com Dynamics 365. Conheça outros neste link.

Do tamanho que você precisa

O Microsoft Dynamics 365 é uma solução adaptável às necessidades do seu negócio, seja ele uma grande organização com centenas de clientes ou uma pequena/média empresa. Com a assinatura por app/por usuário, você paga por aplicação que precisar, licenciada para cada usuário. Com a assinatura de plano, você pode criar perfis com acesso a todos os apps e recursos necessários para desempenhar determinada função. Você decide qual formato é mais adequado para sua empresa.

Esse é um marco muito importante para nós. Estamos ansiosos para ver essas soluções chegarem às mãos de nossos parceiros e clientes, proporcionando um maior engajamento com seus consumidores, possibilitando que seus colaboradores realizem mais e aperfeiçoem seus produtos e serviços. Esperamos que você experimente o Dynamics 365 e nos conte o que achou.

Fonte: Microsoft News Center Brasil

Transformação digital com o Microsoft Dynamics 365: A próxima geração de aplicativos de negócios inteligentes na nuvem.

O Dynamics 365 reúne recursos de CRM e ERP em aplicativos que funcionam perfeitamente em conjunto entre vendas, atendimento ao cliente, serviços de campo, operações, finanças, marketing e automação de serviços de projeto. Comece com o que você precisa e adicione aplicativos à medida que cresce o seu negócio.

Com a transformação digital e inteligência incorporada, será possível repensar o seu negócio:

  • Envolvendo melhor os clientes
  • Capacitando colaboradores
  • Otimizando as operações
  • Reinventando produtos e modelos de negócios

Assista ao vídeo e descubra

Conheça o campus da Microsoft, a ‘cidade’ onde trabalham 44 mil pessoas

Estamos em Redmond, nos Estados Unidos. O Olhar Digital viajou até aqui para conhecer de perto o campus da Microsoft onde se localiza a matriz da empresa. São 2 milhões de metros quadrados rodeados por árvores, com 125 prédios e 44 mil funcionários em toda a região – quase um terço do quadro global. É praticamente uma cidade inteira dentro de outra cidade – e que ainda está em expansão.

Fundada em 1975, a Microsoft mudou-se para Redmond em 1986, um ano depois da apresentação do Windows. O mercado de computação pessoal, hoje tão difundido, ainda era uma promessa. Cinco anos antes, a IBM havia lançado o PC 5150 (considerado precursor da indústria) e que rodava um sistema operacional desenvolvido pela Microsoft. Começava para valer ali a era do PC, que viria a empregar muita gente nas décadas seguintes.

Os primeiros prédios do campus da Microsoft foram construídos no formato de X a pedido de Bill Gates, fundador e CEO da empresa à época. Além de gostar de construções simétricas, Gates queria incluir o maior número possível de janelas para que os programadores tivessem uma vista privilegiada da natureza enquanto trabalhavam. Curiosidade: o prédio número 7 não existe. Ele foi descartado porque a empresa cresceu mais que o esperado naquele período e precisou de mais edifícios para abrigar as pessoas. Como o plano de construção já havia sido aprovado, não deu tempo de renomear o prédio 8 por 7.

No infográfico abaixo você confere alguns números que dão a dimensão da grandiosidade do campus em Redmond. Nós também selecionamos imagens que mostram as instalações do local (veja galeria abaixo do infográfico) Ficou curioso para conhecer o campus? Ele é aberto e a Microsoft reserva uma área especial para visitação no prédio 92 destinada a quem quiser interagir com os produtos da empresa e ver de perto relíquias como o computador pessoal Altair 8800. Basta ir até lá e entrar no espaço gratuitamente.

Reprodução

Imagens do campus da Microsoft, em Redmond, EUA:

Fonte: Olhar Digital

Uso dos aplicativos móveis cresceu 58% em 2015

Estamos mais “viciados” nos aplicativos. É o que constata a nova pesquisa mundial da Flurry sobre consumo dos apps. O uso dos apps mobile cresceu de 58% em 2015 em relação ao ano anterior, sendo que 40% deles foram feitos por usuários antigos. O número de usuários que passaram a consumir mais aplicativos é alto se comparado com os últimos anos, 20% em 2014 e 10% em 2013.

Das áreas que mais tiveram crescimento, os apps de “personalização” se destacam com um aumento de 332% em 2015. De acordo com a análise, os usuários aderiram mais aos aplicativos de emojis e configurações de tela para serem usados em conversas no WhatsApp, Facebook Messenger, Line e Snapchat.

Outro setor com desempenho na casa dos três dígitos foi o dos aplicativos de “notícias e revistas”. Com 141% de aumento em relação a 2014, eles demonstraram uma mudança do consumo de conteúdo e notícias das TVs e PCs para smartphones e phablets.

Os aplicativos de produtividade aparecem com 119% de crescimento em 2015 ante 2014. A Flurry acredita que o principal motivo para o crescimento é a utilização de handsets como principal dispositivo dos estudantes do ensino médio e superior, pois a maioria utilizaria apps de e-mail e documentos como Gmail, Google Docs, Quip, Slack e Microsoft Office.

No entanto, o “sinal vermelho” acende para os games. O consumo de jogos em dispositivos móveis recuou 1% quando comparado ao cenário do ano anterior, mas eles podem ter uma oportunidade de crescer por meio de novos conteúdos para os phablets.

Phablet, o fator dominante

A categoria de celular com telas acima de 5,5 polegadas é considerada promissora pela pesquisa. Ela foi que mais cresceu em tempo de uso entre os dispositivos móveis, 334%, bem superior a média de 117% de tablets e smartphones de telas pequenas, médias e grandes;  além de responder por 27% dos handsets vendidos no período de festas.

Segundo a Flurry, o phablet deve se tornar o fator dominante da indústria mobile a partir do 1º trimestre de 2017, com 52% dos aparelhos no setor, seguido por 29% dos smartphones de tela média e pequena. Um dos principais fatores para o seu desenvolvimento deverá ser a adoção dos telefones de tela grande e seus apps por empresas de TV por assinatura.

Fonte: www.mobiletime.com.br